17 de abril de 2024
FIES 2024

O Aditamento Fies é uma das etapas mais importantes para os estudantes que são beneficiados pelo programa de financiamento do governo brasileiro. 

Através dele, os estudantes têm a oportunidade de renovar o contrato do financiamento e continuar a investir em seus estudos, garantindo assim um futuro melhor. Com o início do ano letivo e do aditamento Fies 2024 se aproximando, é importante entender as novas regras e procedimentos, além de estar preparado para realizar a renovação do contrato. 

As mudanças podem afetar tanto os novos alunos que ingressarão no programa quanto os estudantes que já estão em andamento. Portanto, é fundamental que todos os beneficiários do Fies estejam cientes das regras e prazos do aditamento para garantir a continuidade de seus estudos sem interrupções.

Aditamento FIES 2024

Entendendo o aditamento

O Aditamento do FIES é um processo fundamental para os estudantes que são beneficiários do programa de financiamento do governo brasileiro. Por meio do aditamento, que é realizado semestralmente, os alunos podem renovar seus contratos e garantir o financiamento para o próximo semestre letivo. 

O procedimento deve ser feito através do Sistema Informatizado do FIES (SisFIES), a partir de solicitação da Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) e confirmação eletrônica pelo estudante financiado. É importante lembrar que a realização do aditamento é obrigatória e garante a continuidade do financiamento, permitindo que os estudantes possam investir em seus estudos e alcançar seus objetivos acadêmicos.

Tipos de aditamento do Fies

No programa de Financiamento Estudantil (FIES) existem dois tipos de aditamento: o simplificado e o não-simplificado. O aditamento simplificado é aplicado quando o contrato de financiamento permanece sem alterações. 

Isto é, caso nenhuma informação importante precise ser alterada no cadastro ou no contrato do estudante. Por outro lado, o aditamento não simplificado ocorre quando é necessário fazer alguma modificação nas informações cadastrais ou contratuais do aluno.

Como iniciar o procedimento de aditamento do FIES?

Para realizar o aditamento do FIES, é necessário acessar o Sistema Informatizado do FIES (SisFIES) e preencher todas as informações solicitadas. Depois disso, é importante revisar todos os dados para garantir que estejam corretos. 

Caso haja algum erro nas informações, é necessário entrar em contato com a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da sua instituição de ensino para solicitar a correção.

O que é a CPSA?

A Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) é um órgão composto por membros do corpo docente, discente e administrativo das instituições de ensino que participam do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES). 

Além de validar as informações dos estudantes no processo de inscrição, a CPSA também é responsável pelo aditamento de renovação dos contratos do FIES. Cada local de oferta de cursos da instituição de ensino participante do FIES é obrigado a formar uma CPSA. 

Após preencher os dados necessários no SisFIES, o estudante deve confirmar se todas as informações estão corretas e, caso algum dado esteja incorreto, entrar em contato com a CPSA para solicitar a correção dos erros. Em seguida, será informado se o caso é simplificado ou não simplificado.

Sobre o Aditamento Simplificado do FIES

O Aditamento Simplificado do FIES é um processo mais simples que ocorre quando não há alteração nas cláusulas contratuais do financiamento do estudante. 

Para realizar esse tipo de aditamento, é necessário apenas se dirigir à CPSA da instituição de ensino e retirar o Documento de Regularidade de Matrícula (DRM), que deve ser assinado pelo Presidente ou Vice-Presidente da Comissão. Feito isso, o processo estará finalizado.

Sobre o Aditamento Não Simplificado do FIES

O aditamento não simplificado acontece quando há mudanças nas cláusulas do financiamento do estudante. Para realizar esse processo, é preciso ir à CPSA da Instituição de Ensino e retirar o DRM, que deve ser assinado pelo Presidente ou Vice-Presidente. Em seguida, é necessário ir ao banco ou instituição financeira com os documentos necessários (verifique com a CPSA) e acompanhado do fiador ou responsável, caso aplicável.

É importante lembrar que, mesmo que a matrícula do curso seja anual, o aditamento Fies 2024 precisa ser feito semestralmente. Se o aditamento não for realizado, o estudante pode perder o benefício.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *