Categoria Educação

porlivrariadaesquina

Essa ou Esta, Esse ou Este? Qual é o certo?

As dúvidas de português são diárias. Não importa se é a sua língua mãe, as pulgas atrás da orelha na hora da fala e, principalmente, da escrita sempre surgirão. Entretanto, tem algumas que você pode evitar. No caso do uso de qual usar:Essa ou Esta basta se atentar às regras da língua. Aqui, você aprenderá quais são elas para não errar nunca mais (e nem duvidar mais de si mesmo).

Quando usar Essa ou Esse

Essa é usado quando o que está sendo demonstrado está longe da pessoa que fala e perto da pessoa a quem se fala. De praxe, essa é usada no passado ou no futuro e para se referir ao que já foi mencionado em algum momento do discurso. Essa é usado na maior parte das vezes, portanto, se tiver muita dúvida na hora de escolher e não puder consultar ao dicionário, opte pelos dois S que a chance de erro será menor.

Exemplos do uso de “Essa” ou “Esse”:

  • Essa boneca aí é sua
  • Essa foi a melhor fase da minha vida
  • Essa comparação não está certa
  • Essa blusa é minha
  • Essa aula é a mais chata de todas

Quando usar Esta ou Este

A palavra esta ou este são utilizados quando o que está sendo demonstrado no discurso está perto da pessoa que fala. Além disso, no espaço tempo ela é usada no presente e para se referir ao que ainda vai ser mencionado no discurso.

Exemplos de uso de “Esta ou Este”:

  • Esta boneca aqui é minha, por favor não a use mais
  • Esta é a melhor fase da minha vida!
  • Esta comparação que eu tenho que fazer é por sua causa!
Se ainda tiver dúvidas de como usar estas palavrinhas não se esqueça de buscar dicas de português online, com certeza as buscas te ajudarão a melhorar o seu discurso e a sua redação. Qualquer dúvida, deixe nos comentários que responderemos o mais rápido possível!
porlivrariadaesquina

Escalas Geográficas – Conheça aqui os tipos e para que servem

As escalas geográficas já não são tão usadas pela população comum desde a invenção do GPS, quando as escalas gráficas já não eram mais necessárias para entender o quão grande era um mapa ou então a quantidade de km que uma viajem teria baseando-se na sua distância no mapa.

Aqui, vamos olhar para exemplos de cada um dos tipos de escalas geográficas e discutir como usá-los para viagens e pesquisas. Aliás,  já te perguntaste porque temos tantos tipos de mapas diferentes? Temos mapas mostrando continentes inteiros e mapas mostrando todas as casas em uma pequena cidade. Temos mapas nos contando informações sobre as pessoas que vivem lá, como a terra é usada, ou até mesmo a concentração de uma espécie ameaçada. Uma parte importante de um mapa é a escala que ele usa, mas isso depende do tipo de dados que queremos saber.

Existem dois tipos de escalas usadas na geografia: escalas de mapa e escalas relativas. Cada um tem uma função muito diferente, mas ambos também podem trabalhar juntos.Não deixe o termo “relativo” confundi-lo em pensar que este tipo de escala lida com a distância relativa como com uma escala de mapa. Escalas relativas, também chamadas escalas de análise, referem-se à quantidade de detalhes incluídos no mapa e o tamanho das unidades em que estamos olhando. Isto é chamado de nível de agregação, ou muitos detalhes são colocados juntos no mapa com base no tamanho da unidade que estamos analisando.

São basicamente detalhes sobre um lugar que se pode usar num projecto de pesquisa em vez de distância.Quanto menor o nível de agregação, mais específico ficamos com o detalhe. É como entrar e sair de uma imagem de satélite. Se fizermos zoom, estamos em baixa altitude e vemos detalhes muito específicos. Podemos ver o telhado de uma casa e carros individuais. Isso também é um baixo nível de agregação, porque não estamos juntando tudo naquele espaço. Vemos detalhes. Quando reduzimos a imagem de satélite para uma elevação muito maior, perdemos muitos detalhes específicos para olhar para uma área muito mais ampla. Já não conseguimos ver casas individuais, o que significa que temos um alto nível de agregação.

porlivrariadaesquina

O que são os números irracionais?

Um número irracional é um número real que não pode ser expresso como uma razão de dois inteiros. Quando um número irracional é escrito com um ponto decimal, os números após o ponto decimal continuam infinitamente sem padrão repetível.

O número ” pi ” ou π (3.14159…) é um exemplo comum de um número irracional, uma vez que tem um número infinito de dígitos após o ponto decimal. Muitas raízes quadradas também são irracionais, uma vez que não podem ser reduzidas a frações. Por exemplo, a √2 está perto de 1.414, mas o valor exato é indeterminado, uma vez que os dígitos após o ponto decimal continuam infinitamente: 1.414213562373095… Este valor não pode ser expresso como uma fração, de modo que a raiz quadrada de 2 é irracional.

A partir de 2018, π foi calculado para 22 trilhões de dígitos e nenhum padrão foi encontrado.

Se um número pode ser expresso como uma razão de dois inteiros, é racional. Abaixo estão alguns exemplos de números irracionais e racionais.

  • 2-racional
  • √2-irracional
  • 3.14-racional
  • π-irracional
  • √3-irracional
  • √4-racional
  • 7/8-racional
  • 1.333 (repetitivo) – racional
  • 1.567 (repetitivo) – racional
  • 1.567183906 (não repetindo) – irracional

Nota: Quando números irracionais são encontrados por um programa de computador, eles devem ser estimados. Em caso de exercícios de matemática o mais recomendável é que o número arredondado seja sugerido durante o exercício, ainda no enunciado.

porlivrariadaesquina

Lista de livros para vestibulares em 2019

Confira aqui a lista de livros para os principais vestibulares de 2019 do país que nós da Livraria da Esquina preparamos especialmente para você.

Livros obrigatórios para o vestibular da Fundação Universitária para o Vestibular – Fuvest  (Universidade de São Paulo –USP)

1- Iracema, José de Alencar.

2- Minha Vida de Menina, Helena Morley.

3- Mayombe, Pepetela.

Livros obrigatórios para o vestibular da Universidade Estadual de Campinas – Unicamp

1- Sagarana, João Guimarães Rosa.

2- A Teus Pés, Ana Cristina Cesar.

3- Quarto de Despejo – Diário de uma Favelada, Carolina Maria de Jesus.

Livros obrigatórios para o vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS

1- Úrsula, Maria Firmina dos Reis.

2- A Máquina de Fazer Espanhóis, Valter Hugo Mãe.

3- A Hora da Estrela, Clarice Lispector.

Livros obrigatórios para o vestibular da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ

1- O Alienista, Machado de Assis.

2- O Seminarista, Rubem Fonseca.

3- O Crime do Padre Amaro, Eça de Queirós.

Livros obrigatórios para o vestibular da Universidade Federal de Uberlândia – UFU

1- A Metamorfose – Franz Kafka.
2- Destino: Poesia – Ítalo Moriconi. 2ª edição, José Olympio, 2016.

3- Felicidade Clandestina – Clarice Lispector. Ed. Rocco (contos listados abaixo).

  • A legião estrangeira
  • Os obedientes
  • Os desastres de Sofia
  • A criada
  • A quinta história
  • O primeiro beijo

4- Morte e Vida Severina , João Cabral de Melo Neto.

5-O Filho Eterno, Cristóvão Tezza. Record, 17ª edição, 2015.

6-O Santo e a Porca, Ariano Suassuna. Ed. José Olympio.

7- Quincas Borba, Machado de Assis.

8-Terra Sonâmbula, Mia Couto. Companhia das Letras. Edição de Bolso, 2015.

10 dicas de livros para o Enem 2019

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 acontecerá nos dias 3 e 10 de novembro, e embora não haja uma seleção de livros obrigatórios para o exame, existem aqueles que normalmente estão presentes nas provas, veja abaixo quais são eles:

1- Dom Casmurro, Machado de Assis.

2- A Hora da Estrela, Clarice Lispector.

3- O Cortiço, Aluísio de Azevedo.

4- Vidas Secas, Graciliano Ramos.

5- A Causa Secreta, Machado de Assis.

6 -Laços de família, Clarice Lispector.

7- A rosa do povo, Carlos Drummond de Andrade.

8- O santo e a Porca, Ariano Suassuna.

9- O Livro do Desassossego, Fernando Pessoa.

10- Ensaio sobre a Cegueira, José Saramago.

porlivrariadaesquina

Melhores livros de autoajuda de 2019

Com o intuito de ajudar no autoconhecimento e na mudança de hábitos, os livros de autoajuda são atualmente um dos gêneros literários mais vendidos. Com diversas ênfases e temas, essas obras têm conquistado cada vez mais diferentes públicos. Por esse motivo, fizemos essa lista com os melhores livros de autoajuda de 2019, com alguns clássicos e novidades do gênero, confira abaixo:

1- Os segredos dos homens mais ricos do mundo: realize seus sonhos impossíveis (Autor: Steven K. Scott).

2- P*rra sai dessa, cara: 10 tapas na cara para quem precisa ou quer mudar de rumo (Autor: Alain Rocha).

3- Procrastinação: Guia científico sobre como parar de procrastinar (definitivamente) (Autor: Lílian Soares).

4- Propósito: a coragem de ser quem somos (Autor: Sri Prem Baba).

5- O poder da ação (Autor: Paulo Vieira).

6- Jesus, o maior psicólogo que já existiu (Autor: Mark Baker).

7- O Monge e o Executivo (Autor: James C. Hunter).

8- O poder do hábito (Autor: Charles Duhigg).

9- A Sutil Arte de Ligar o F*da-Se: Uma estratégia inusitada para uma vida melhor (Autor: Mark Manson).

10- Ansiedade: Como Enfrentar O Mal Do Século (Autor: Augusto Cury).

11- Nunca desista de seus sonhos (Autor: Augusto Cury).

12- O milagre da manhã (Autor: Hal Elrod).

13- Seja Foda! Feliz, Otimista, Determinado e Abundante (Autor: Caio Carneiro).

14- Mais Esperto que o Diabo. O Mistério Revelado da Liberdade e do Sucesso (Autor: Napoleon Hill).

15- O poder do subconsciente (Autor: Dr. Joseph Murphy).

16- Os 12 hábitos das pessoas altamente produtivas (Autor: Rogerio Job).

17- Os segredos da mente milionária (Autor: T. Harv Eker).

18- Empatia: um guia para desenvolver sua inteligência social e emocional (Autor: James Lee King).

19- Leitura Super Rápida (Autor: AK Jennings).

20- As Coisas Que Você Só Vê Quando Desacelera (Autor: Sunim, Haemin).

21- O Poder do Agora (Autor: Tolle, Eckhart).

22- A Magia (Autor: Rhonda Byrne).

23- A Mágica da Arrumação (Autor: Marie Kondo).

24- O Cérebro com Foco e Disciplina (AutorRenato Alves).

25- Supercérebro – Como Expandir o Poder Transformador da Sua Mente (Autor: Deepak Chopra e‎ Rudolph E. Tanzi).

Boa leitura!

porlivrariadaesquina

Biografia resumi da de Pitágoras – Resumi da história do matemático

Pitágoras é um importante matemático, o criador do teorema de Pitágoras. Ele é uma figura extremamente importante no desenvolvimento da matemática, mas sabemos relativamente pouco sobre suas realizações. Ao contrário de muitos matemáticos gregos posteriores, onde pelo menos temos alguns dos livros que eles escreveram, não temos nada dos escritos de Pitágoras. A sociedade que ele dirigia, meio religiosa e meio científica, seguiu um código de secretismo que certamente significa que hoje Pitágoras é uma figura misteriosa.

Biografia resumida de Pitágoras

Nós temos detalhes da vida de Pitágoras de biografias antigas que usam fontes originais importantes, mas são escritos por autores que atribuem poderes divinos a ele, e cujo objetivo era apresentá-lo como uma figura semelhante a Deus. O que apresentamos abaixo é uma tentativa de reunir as fontes mais confiáveis para reconstruir um relato da vida de Pitágoras. Há um acordo bastante bom sobre os principais eventos de sua vida, mas a maioria das datas são disputadas com diferentes estudiosos dando datas que diferem em 20 anos.

Alguns historiadores tratam toda esta informação como meras lendas, mas, mesmo que o leitor a trate desta forma, sendo um registro tão antigo é de importância histórica.Pouco se sabe sobre a infância de Pitágoras. Todos os relatos de sua aparência física são susceptíveis de ser fictícios, exceto a descrição de uma marca de nascença marcante que Pitágoras tinha em sua coxa. É provável que ele tivesse dois irmãos, embora algumas fontes digam que ele tinha três. Certamente ele foi bem educado, aprendendo a tocar a lira, aprendendo poesia e recitar Homero. Havia, entre seus professores, três filósofos que iriam influenciar Pitágoras enquanto ele era um jovem. Um dos mais importantes foi Pherekydes, que muitos descrevem como o professor de Pitágoras.

O que é conhecido de Pitágoras vem de escritores posteriores, juntando fragmentos de sua vida de contemporâneos e estudantes.  Sabe-se que Pitágoras nasceu na Ilha de Samos, ao largo da Ásia Menor, onde seus ancestrais se estabeleceram depois de deixar Phlius, uma cidade no noroeste do Peloponeso, após a guerra civil em 380 A. C.  Ele recebeu uma educação de qualidade como seu pai, Mnesarco, era um comerciante rico. Ele pode ter estudado na Babilônia e no Egito e possivelmente teve os melhores tutores gregos da época. Tudo isso é especulativo, no entanto, como a informação vem de escritores posteriores que aceitaram, acriticamente, o que outros escreveram sobre ele. Pitágoras desejava ficar fora da política, mas sua sociedade sempre foi afetada pela política. Em 510 a. C. Croton atacou e derrotou o seu vizinho Sybaris e há certamente algumas sugestões de que Pitágoras se envolveu na disputa. Então, por volta de 508 A. C., A Sociedade pitagórica de Croton foi atacada por Cylon, um nobre de Croton. Pitágoras escapou para Metapôncio e a maioria dos autores dizem que ele morreu lá, alguns alegando que ele cometeu suicídio por causa do ataque a sua sociedade. A evidência não é clara sobre quando e onde ocorreu a morte de Pitágoras, mas sua sociedade gastou rapidamente após 500 a. C. e suas contribuições para a matemática ainda são reconhecidas e respeitadas.

porlivrariadaesquina

Organelas das células – O que saber sobre?

São pequenos órgãos dentro das células que trabalham para manter a célula saudável. Entender isso é fundamental para aprender mais sobre esse tema. Mas afinal, o que são organelas das células e como trabalham? Você vai ver tudo o que precisa saber nesse post.

As organelas são formadas por membranas celulares internas. Vale ressaltar que existem formas e funções diferentes de cada uma delas por isso. Além disso existem diferenças entre as células vegetais e animais. Por isso vamos abordar cada uma em cada uma de suas funções e características.

Mitocôndria

Para entender bem o que são organelas das células é interessante começar pela Mitocôndria. Ela é conhecida por apresentar diversas dobras e ter membranas externa e interna. Elas têm uma capacidade rara das organelas por conseguir se reproduzir. Tudo por ter uma característica comum com as bactérias que é conter DNA.

Ela é uma das mais importantes organelas por ser responsável pelo processo de respiração. Fazendo parte dos órgão essenciais para poder produzir mais energia para o corpo.  É relevante frisar que esses processos são feitos pelos órgãos mais importantes do corpo.

Lisossomos

Como é uma organela totalmente envolvida por lipídios. Sua função chave  é digerir ácidos nucleicos, proteínas e carboidratos principalmente. Além disso tem alta capacidade de digerir também diversas células orgânicas. Basicamente essas informações esclarecem um pouco o que são organelas das células de Lisossomos.

Além disso possuem outras enzimas importantes para a saúde das células. As lipases que são capazes de digerir os lípidos. As hidrolases que possuem capacidade de digerir aminoácidos para produzir energia. É relevante entender que toda essa digestão é feita dentro do próprio Lisossomos para não danificar a saúde das células.

Aparelho de Golgi

É uma das partes importantes para aprender o que são organelas das células.  O aparelho de Golgi é conhecido por parecer com um tecido redondo caído no chão. Como se fosse um monte de discos cheios um em cima do outro. Ele é o principal responsável por gerenciar a proteína dentro das células.

Ele consegue evitar que as proteínas percam o açúcar necessário. Com isso faz o acompanhamento de toda essa adição de açúcar importante para saúde da célula. Ainda essa organela consegue produzir lisossomos primários. Esses mesmos lisossomos entram em contato com substâncias fora da célula e se tornam secundário.

Retículo Endoplasmático

Para entender o que são organelas das células é interessante entender mais sobre o retículo endoplasmático. Que é muito importante para saúde das células e é dividido em duas partes liso e rugoso. O rugoso possui possui ribossomos que transformam a aparência das organelas em rugosas, por isso o nome.

A parte rugosa trabalha principalmente com o transporte da proteína. Além do gerenciamento dela dentro da célula. Os lisos são responsáveis por produzir lipídios para as células. Esses lipídios são levados para fazerem parte das membranas celulares.